Terça-feira, 17 de Abril de 2007

Queria conseguir transmitir isto que sinto por meio de palavras.

 

Queria ser capaz de me expressar perfeitamente, claramente, sem omissões...

 

Mas... Ou eu não possuo a mestria necessária, ou as palavras não são suficientes para que o consiga explicar correctamente... Sinto um vazio por isso.

 

Sinto algo cá dentro, mas não o consigo libertar.

 

Para onde foram as minhas adoradas palavras?

 

Acredito que uma palavra vale mais que mil imagens. A aparência não é escolhida, está determinada, sem olhar àquilo que somos por dentro. Mas, o que nos sai do pensamento, do coração, é parte de nós, é verdadeiro. É o que nos caracteriza. Sou eu que escolho o que digo. Sou eu que transformo o que sinto em palavras.

 

Porém, percebo agora a importância de um gesto. As palavras não são suficientes, nunca o foram, agora compreendo.

 

Sempre tive a convicção que as minhas palavras me ajudariam, em qualquer ocasião. E é verdae. Elas são o meu eu embelezado com os seus artifícios próprios. Uma beleza que não possuo, mas que as palavras me atribuem.

 

Elas sempre foram o meu suporte, o meu porto de abrigo. Sinto-vos aqui, mas percebo a vossa inutilidade... É evidente: as palavras não são suficientes quando o que temos cá dentro é maior que nós mesmos.

 

Eu não sou digna do que sinto, assim com as minhas palavras são absurdas, inuteis, incapazes de exprmir algo que eu própria não sei definir.

 

O que escrevo torna-se vazio, forçado... Não me sai por inspiração, mas por uma uma força de hábito, por uma vontade de aclamar o que sinto...

 

A ausência do toque, do cheiro, do beijo...

 

Esta saudade que me marca, que me aperta, que me consome...

 

Este sorriso que me doí...

 

Esta alma que lateja...

 

Estou aqui, sem saber como, sem saber o que me move, sem saber o que dizer...

 

Aproxima-te... Tentarei explicar....


Estou:
My Soundtrack: It's not easy - Five for Fighting

publicado por Night_Angel às 22:26 | link do post | comentar

7 comentários:
De karoxah a 17 de Abril de 2007 às 23:56
vou confessar...li 4 vezes o que escreveste.

está não bom, não óptimo mas excelente!!

apesar de ser indefinido, conseguiste transmitir bem o estado da tua alma...
pura confusão, o que sentes?


sim, aulas em que os "stores" só se enganam...e é cada erro! de rir!

claro está que não fazemos mais nada senão rir, logo, é só borga!

LOL

beijo
fica bem amiga***


De Night_Angel a 18 de Abril de 2007 às 12:09
Acabou por ficar aceitável, apesar de tudo.

E ficou maior do que eu esperava... As palavras coneçarama fluir e as ideias a assentar.

Obrigada pelo teu comment, a principio pensei que tinhas odiado! lol... Admito que não é uma obra prima da literatura, mas faz-se o que se pode!! Ainda bem que gostaste, fiquie mto mais alíviada!

Bjo*


De Pedro a 18 de Abril de 2007 às 14:25
Olá!

Está, como dizer? Fraquinho... :D
Sabes perfeitamente o que estou a brincar.

Compreendo o que escreves, as palavras são inglorias, são como dizes melhores que mil imagens mas apenas 1 decimo de uma acção...

Tentamos, e voltamos a tentar, mas as palavras nunca farão luz aos sentimentos. Nunca serão tão profundas como um sorriso ou tão sentidas como um toque...

Não obstante continuamos a tentar... continuamos a tentar iluminar a nossa pequena caverna com a luz da realidade. E nossa eterna busca por racionalizar o que sentimenos, de organizar os pensamentos analiticamente em frases e paragrafos...

Tenta, continua a tentar...
Mas por vezes, é bom sair da gruta e tentar espreitar os sentimentos, tentar não racionalizar mas sim SENTIR. Deixar cair o nosso corpo no mar das emoções, sem medos, sem razão...

Já divaguei demais! Bom texto, boa "tentativa"...

Beijos,
Pedro


De Infinit a 18 de Abril de 2007 às 15:28
As palavras são dificéis de encontrar... Por vezes uma palavra fora do contexto pode gerar uma tremenda confusão.... o que interessa é o que senti-mos, o que pensamos e o que somos... Acredito que tu serás algo de bom e positivo...Bjs


De Yoseph a 18 de Abril de 2007 às 16:16
Uma perfeita expressão por palavras de algo não poder ser exprimido por palavras...

Muito bem!


De Dee a 18 de Abril de 2007 às 18:17
adorei o texto.. sério ;)

acontece tanta vez... querermo-nos expressar.. mas as palavras nao são suficientes para transmitir o que se passa lá por dentro...

acontece comigo.. assimm.... constantemente x)

BeijO em si * * * *


De Filipa a 18 de Abril de 2007 às 21:19
Simplesmente LINDO...
Adorei...
Nao posso estar mais de acordo contigo...
As palavras nao dizem tudo o que sentimos, as vezes e preciso um gesto...

beijO* grande


Comentar post

MiM
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Secret #2

Secret #1

I can't deny it

[my mind is out of contro...

when words escape me

Argumentos de Loucura

Hopelessly

This is so fucking stupid...

Confessions #6

I Crave for You

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Junho 2009

Maio 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds